PLANTE UM LIMOEIRO E TENHA LIMÕES TODO O ANO


O limoeiro conserva os seus frutos na árvore durante todo o ano

Esta é, no hemisfério norte, a época da abundância de fruta nos pomares!...

Bem-aventurado aquele que herdou uma propriedade com bastantes árvores de fruto. Quem o conseguiu teve, sem dúvida, uma grande sorte…

Infelizmente, em terras arrendadas, é raro encontrar essas árvores. Pois, por que motivo iria um arrendatário perder tempo a plantar esse tipo de árvores, num terreno que não é seu? Por isso aqueles que tomam conta de uma propriedade não costumam encontrar quaisquer árvores já plantadas e são forçados a esperar pacientemente, alguns anos, até colherem os seus primeiros frutos. Neste caso, a única coisa a fazer é plantar as árvores o mais depressa possível…

Foi o que fiz na minha pequenina chácara, já lá vai uma dúzia de anos e, mesmo com os erros cometidos na plantação, foi uma decisão muito acertada e que permite que agora tenha fruta em abundância para consumo da família.

Todos aqueles que fizeram o mesmo e que cultivam um pequeno pomar, nem que nele estejam apenas algumas árvores de fruto, desde que sejam de espécies variadas, sabe que, salvo se o pomar for atacado por alguma praga ou por inclemência grave do tempo, terá, a partir da primavera e durante alguns meses, que se podem prolongar até ao final do ano, a despensa sempre fornecida de fruta. E, quem vive no campo, mesmo que a sua propriedade não lhe permita ter qualquer árvore de fruto tem sempre a possibilidade de colher figos, cerejas e outros frutos em árvores abandonadas à beira de estradas ou colher alguma fruta nas árvores carregadas com abundância, dos vizinhos, isto com autorização dos mesmos, claro está…

Primeiro são as cerejas e as nêsperas, seguem-se as ameixas, os pêssegos, as maçãs, as peras ou os figos; mais tarde aparecem os dióspiros e as laranjas etc. etc.

As ameixeiras produzem muito, mas os frutos conservam-se
durante pouco tempo, na árvore ou em casa.
Infelizmente, a maior parte da fruta não se conserva durante muito tempo e quem apenas cultiva para abastecer a despensa lá de casa, verá parte desses frutos deteriorarem-se rapidamente e a não ser que os dê a alguém, ou que os consiga vender, vai ter de deitar muita fruta fora. Por isso é essencial que quem pretende plantar algumas árvores para ser autossuficiente em fruta, o faça escolhendo plantas variadas e que produzam os frutos espaçadamente, no tempo.

As ameixas, as cerejas e os pêssegos, são apenas o exemplo de frutos que têm um tempo útil para serem consumidos muito reduzido, por isso não adianta ter um número muito alto dessas árvores; já as maçãs, as laranjas ou os dióspiros se conservam por um período maior.


Estes pêssegos de "S. João" são saborosos, mas têm de
ser consumidos rapidamente.
Já falei em “Plantar árvores de fruto”, da forma como fiz a minha plantação e de alguns erros cometidos, tendo também chamado a atenção para a necessidade de investir em árvores cujos frutos se conservem durante mais tempo, para que tenha fruta, senão durante todo o ano, pelo menos em grande parte dele.

Neste post venho realçar essa chamada de atenção e apontar uma árvore que julgo ser a campeã na conservação dos seus frutos: O limoeiro…

Na minha chácara tenho várias árvores, mas se só lá tivesse lugar para uma, seria o limoeiro que escolheria para plantar. O meu limoeiro dá-me limões suficientes para o consumo de toda a família. Apesar de ser um fruto que não é comestível diretamente, o limão presta-se para a confeção de muitos pratos, ele é um tempero de excelente qualidade, podendo-se dizer que uma cozinha não pode funcionar sem limões. O limão é um fruto que está na moda, por assim dizer. As propriedades que possui, benéficas para a saúde, fazem dele uma fruta apetecida, apesar de ter um sabor bem azedinho.

Uma das coisas que é corrente agora dizer-se e que muita gente pratica é que beber um ou dois copos de água, logo ao levantar e antes de consumir qualquer alimento é ótimo para a saúde e para perder peso. Pois diz-se também que esse efeito pode ser melhorado se acrescentar-mos algumas gotas de sumo de limão na água, isto sem adicionar qualquer açúcar, claro.

Por tudo isto, se ainda não tem um limoeiro é bom que se apresse a plantar o seu, porque ele não lhe vai fornecer os limões de que precisa, antes que decorram três, quatro, ou mesmo meia dúzia de anos. Isso mesmo também acontece com a maioria das outras árvores de fruto, mas os limoeiros ainda complicam um pouco mais a situação, com a sua renitência, chegando a dizer-se que é necessário bater no limoeiro para que este comece a dar frutos.

Quando plantamos um limoeiro, existe um período de adaptação ao novo solo, sendo necessário que ele enraíze bem para começar a crescer. Uma vez que, muito provavelmente, o terreno de onde veio é diferente do novo local, o tempo desta nova adaptação pode ser longa, podendo levar mais de um ano. De qualquer maneira o limoeiro após este período de adaptação pode continuar a não dar frutos, mas não desespere que existe uma solução que pode parecer um pouco descabida, mas que possivelmente dará bons resultados.

Pegue num pau e comece a bater no tronco do seu limoeiro; é possível que a árvore fique com algumas feridas, mas não se preocupe, pois passado algum tempo ele irá frutificar. O meu limoeiro que agora tem cerca de dez anos, demorou a começar a dar os seus frutos e só começou a produzir quando foi “maltratado” devido às obras da construção de barracões e galinheiros na minha chácara. Não foi propositadamente, mas a árvore foi colocada num sítio onde estava sempre a apanhar com um pau ou uma tábua em cima, e como estava junto a uma parede o vento, por vezes violento, fazia roçar o seu tronco e alguns ramos na parede chegando a ficar com algumas mazelas no tronco. O certo é que a partir de então começou a dar limões grandes e sumarentos.

Claro que isto tem uma explicação mais técnica e o facto tem a ver com a circulação das seivas na árvore. Ao batermos no tronco ou nos ramos causando pequenos ferimentos, a árvore irá ter reações de sobrevivência fazendo uma mais rápida circulação das seivas, tanto ascendente como descendente. Assim, o limoeiro entrará rapidamente na fase de produção para garantir a continuidade da espécie criando descendência (sementes).

Quanto à plantação propriamente dita, o limoeiro planta-se como qualquer outra árvore, mas o local onde ele vai ficar deve ser o mais possível abrigado das geadas e dos ventos frios de Norte.

Após a plantação de qualquer árvore nova é necessário manter a terra em seu redor com bastante humidade, durante algumas semanas. Se tiver de regar, serão adequados cerca de 100 litros de água por mês parar o limoeiro, a partir dos dois anos de idade. São árvores que exigem pouca poda, a não ser após qualquer doença nos ramos. Os limoeiros gostam muito de estrume animal, mas não o aplique junto ao tronco, para que este não apodreça.

Os limões podem ser colhidos durante o inverno, mas os frutos aguentam uma permanência de vários meses na árvore. Portanto o melhor é deixá-los lá e ir colhendo apenas o necessário ao consumo. Assim terá sempre limões frescos…

Artigos relacionados

Finalmente consegui fazer a minha primeira sementeira de favas deste ano. Normalmente faço esse trabalho mais cedo, mas os sábados, único dia que tenho disponível para os trabalhos agrícolas, têm estado chuvosos e esse trabalho tem vindo a ser adiado. Também, diga-se em abono da verdade, que mais semana menos semana não faz grande diferença e as favas aparecem quase na mesma altura, pois a planta brota da terra, mas, devido ao frio, mesmo sendo a fava uma planta resistente às geadas, só no inicio da primavera é que se começa a notar mais acentuadamente o seu desenvolvimento... Continue a ler

Tenho um pomar com árvores de fruto das mais variadas espécies. Fiz a sua plantação há cerca de dez anos e de então para cá nunca mais tive falta de fruta em casa. Nele colho maçãs reluzentes, peras sumarentas e saborosas; os pessegueiros dão frutos deliciosos durante quase todo o ano e dos ramos das laranjeiras oscilam, movidas pela suave brisa vinda da serra, enormes laranjas de um amarelo vivo que se desfazem em doce sumo, mal se lhe tira a fina casca... Continue a ler


Comentários

  1. Olá amigo !
    Estava mesmo para lhe perguntar sobre isso, meu pequeno limoeiro floresceu várias vezes mas, os pequenos limões caem logo , ainda bem pequenos e, desta vez, vingou um !!
    O limão que voces tem ai não é comum aqui no Brasil, aqui chamamos de limão siciliano e, eu consegui um deles e como voce deve lembrar, o meu esta num vaso. Infelizmente, ainda não terminei minha reforma da casa ( problemas com os pedreiros que me serviram, falta de dinheiro para finalizar tudo...e assim vai) e, preferi deixar para replantar o limoeiro num vaso maior depois que a obra terminasse, justamente pelo fato de eu poder carregar a planta para qualquer lugar que fosse necessário. Enfim, o limoeiro cresceu um pouco , mesmo assim e, um limão ficou preso ao galho ... agora o limão esta grande, esta crescendo desde outubro de 2014 e, finalmente adquiriu a cor característica do fruto ... aqui estamos no inverno, e sabe o que acontece, O limoeiro esta perdendo folhas, os galhos estão pelados, exceto por algumas folhas nas extremidades de alguns galhos... voce acha que elas voltam a nascer nesses lugares ? Estou com receio de perder meu limoeiro querido... tem algum conselho? Pretendo mudar ele para um vaso maior, de cimento mas, poderia fazer isso agora no inverno? O que voce acha? Beijinho meu amigo, estava com saudades de vir falar contigo =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, cara amiga!
      Os limoeiros são árvores de folha perene e, se o seu está ficando sem folhas, é sinal de que algo anormal se passa. Aconselho a amiga a fazer a sua mudança para um vaso maior o mais depressa possível, pois a árvore tem que expandir as suas raízes. Não há problema em fazer agora a mudança, desde que o faça com cuidado e transferindo o limoeiro junto com toda a terra que tem no vaso pequeno.
      Se não acontecer nada de mal ao seu limoeiro vai ver que brevemente em vez de um vai ter vários limões.
      Obrigado pela questão que me colocou, eu também gosto muito de falar contigo.
      Beijinhos.

      Excluir
    2. Obrigada amigo, farei a mudança dele essa semana mesmo! beijos e ótima semana :)

      Excluir
  2. Olha ele aqui José Alexandre! =D

    http://blogdatin.blogspot.com.br/2015/06/limao-siciliano-no-vaso.html

    ResponderExcluir
  3. O meu pé de limão galego está plantado no quintal há 2 anos e quando floresce as frutinhas caem ainda pequeninas e não fica uma. O que devo fazer ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que o melhor que tem a fazer é esperar mais um pouco. É normal os limoeiros e também algumas outras árvores deixarem cair todos os frutos nos primeiros dois ou três anos.

      Excluir
    2. Compre calcário e ponha no pé do limoeiro e irá ver o resultado no ano seguinte.

      Excluir
  4. Boa noite
    Meu pézinho de limão é pequeno nasceu dentro de um buraquinho.do.cimento no meu quintal e tá lindo será qui é vai dar frutos o que devo fazer pra ele ser feliz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite,
      Não sei se vai dar frutos, mas para ele ser feliz e se ele estiver num local abrigado deve cortar o cimento em redor do pé e regar de quando em vez. Quando estiver mais crescido e se ver que ele não dá frutos deve fazer uma enxertia com um garfo (ramo com cerca de 30 cm.) de um limoeiro de boa qualidade.

      Excluir

Postar um comentário